[publicação] Hepatite C - uma revolução silenciosa

07 de Junho de 2016

O ‪#‎Colabora‬ inicia nesta terça-feira, 7/06, uma série de reportagens sobre a Hepatite C no Rio de Janeiro. A doença é tida como uma epidemia silenciosa, pois os portadores do vírus levam muito tempo para apresentar os primeiros sintomas. Até o ano passado, o tratamento oferecido tinha baixo percentual de cura e fortíssimos efeitos colaterais. Os medicamentos recém aprovados pela Anvisa têm revolucionado a vida de muitos pacientes devido à sua alta estimativa de cura (mais de 90%), tempo reduzido de terapia e ausência de reações adversas.

Em agosto de 2014, tive a honra de documentar uma parte dessa história com estudantes e profissionais de várias partes do Brasil e do mundo, graças à uma parceria entre a Open Society Foundations e o Programa de Narrativas e Práticas Documentais da Universidade de Tufts, que coordenou uma residência de doze dias onde criamos diversas narrativas multimídias sobre o universo da Hepatite C no Rio de Janeiro.

As histórias atualizadas agora estão sendo publicadas em português na plataforma do #Colabora.

Acompanhe:

[1] Revolução silenciosa sob ameaça - apesar dos resultados positivos, tratamento da Hepatite C corre o risco de ser interrompido

[2] Vinte anos de dor e frustração - Odyr Silveira passou por todas as fases do tratamento da Hepatite C, até encontrar a cura

[3] Paulo, Solange e a Hepatite C - O drama do casal que superou dois transplantes e tratamentos dolorosos em busca de uma vida feliz

[4] Uma (cara) revolução na medicina - Especialista diz que eficácia do novo tratamento para Hepatite C é de quase 100%

[5] Sofrimento em três capítulos: o drama e a esperança nas vidas de José, Iara e Nice

[6] Uma história de envolvimento e paixão - Série sobre a Hepatite C começou em 2014 e reuniu 15 profissionais e estudantes